Sábado, 14 de dezembro de 2019
(18)99647-2152
Pereira Barreto

11/10/2019 às 14h57

134

TV na Ilha

Ilha Solteira / SP

Equipe de Secretaria Municipal de Agricultura participou do I Seminário da Agricultura Familiar da Alta Paulista
Evento foi realizado nesta quinta-feira, na cidade de Junqueirópolis e foi promovido pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.
Equipe de Secretaria Municipal de Agricultura participou do I Seminário da Agricultura Familiar da Alta Paulista

O Secretário Municipal de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente, Jorge Danno, e o Diretor Municipal de Agricultura de Pereira Barreto, Alcides Bortolucci Junior, participaram nesta quinta-feira (10) do I Seminário da Agricultura Familiar da Alta Paulista. O evento foi realizado pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, na cidade Junqueirópolis.


O simpósio abordou o cultivo de uvas para produção de vinho, o manejo em cultivo protegido na horticultura, o plantio de café robusta como alternativa de diversificação de renda, o consórcio seringueira e cacau, as técnicas de manejo para produção de maracujá, o potencial e manejo para alta produtividade de mandioca de mesa e indústria, além de técnicas de cultivo e comercialização de melancia.


De acordo com o Secretário Jorge Danno, a região já produziu café, leite, feijão, amendoim, manga, maracujá e outras frutas. “No momento, muitas áreas estão arrendadas para a cana, e esperamos contribuir com novas perspectivas para os produtores familiares”, disse o secretário.


O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) tem sido um incentivo para a diversificação da produção familiar, pois parte dessa produção é destinada à alimentação escolar por meio do PNAE. Para o Diretor de Agricultura, Alcides Bortolucci Junior, o cultivo de outras espécies poderá proporcionar ganhos para os agricultores.


A agricultura familiar tem extrema importância no cenário agro nacional, constituindo a base da economia de 90% dos municípios brasileiros com até 20 mil habitantes, conforme dados do Censo Agropecuário de 2017. O levantamento também apontou que a atividade é responsável pela renda de 40% da população economicamente ativa do Brasil e por mais de 70% dos brasileiros que residem no campo.


Na região, os agricultores têm aumentado o plantio de mandioca de indústria visando à venda para as farinheiras e fecularias da região. Danno explica que embora tenha crescido o plantio da mandioca de indústria, as cultivares de mesa também são uma alternativa econômica para os agricultores locais. “Além do mais, estes podem complementar a renda com a venda da mandioca para os programas governamentais de alimentação escolar”, completa.


FONTE: prefeitura

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 TV na Ilha - Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Gadi Sistemas de Sites